RAUL SEIXAS - 25 ANOS SEM O MALUCO BELEZA      ''TOCA RAUL''       'CD/DVD'   BOX      ''BRA''

Duplo clique para aumentar imagem

Reduzir
Aumentar

Mais Imagens

  • RAUL SEIXAS - 25 ANOS SEM O MALUCO BELEZA      ''TOCA RAUL''       'CD/DVD'   BOX      ''BRA''

RAUL SEIXAS - 25 ANOS SEM O MALUCO BELEZA

Seja o primeiro a avaliar este produto

R$200,00

Em estoque

Detalhes

A caixa 25 anos Sem o Maluco Beleza – Toca Raul!, além de homenagear nosso maior roqueiro em seu 25º ano de morte, resgata os álbuns lançados pelo selo Eldorado (Raul Seixas, 1983; Ao Vivo – Único e Exclusivo, 1984; Raul Vivo, 1993 e Se O Rádio Não Toca…, 1994) que há tempos encontravam-se fora do mercado. A grande novidade da caixa fica por conta de dois registros ao vivo, ainda inéditos em disco: Eu Não Sou Hippie – Ao vivo no Cine Patrocínio 1974 – com áudio de show feito por Raul no auge do sucesso do disco Gita – e Isso Aqui Não é Woodstock, Mas Um Dia Pode Ser, com registro de show feito em 1981, na segunda edição do Festival das Águas Claras, realizado no interior de São Paulo. Completando o pacote, um DVD com entrevista de Raul realizada em 1983 para a Rádio Eldorado FM e entrevista com Sylvio Passos (produtor e coordenador dos álbuns inéditos e do box) realizadas em 2014. Uma coleção imperdível para fãs e colecionadores de Raul Rock Seixas. Toca Raul! Raul Seixas foi um roqueiro fundamental no Brasil. Junto com sua discografia expressivo, cujos sucessos continuam a ser regravada por Caetano Veloso, Margareth Menezes, entre outros, o papel Seixas em continuar o trabalho de estabelecer as bases do rock brasileiro era de primeira importância. Influenciado por João Gilberto, Luiz Gonzaga, e rockers Bill Haley e Elvis Presley (cujos álbuns foram emprestados a ele por alguns amigos que trabalhavam no consulado americano em Salvador), Seixas formou uma banda chamada The Panthers (mais tarde Os Panteras), em 1959. o quarteto de rock (guitarra, baixo, bateria, vocais por Seixas) foi o primeiro a utilizar instrumentos elétricos em Salvador, tocando uma mistura louca de rock e baião, com interpretações de músicas de Luiz Gonzaga. As performances surreais foram sentidos como um perigo real para os pais que seus filhos proibidos de frequentar. A banda traduziu a Jovem Guarda sentir em termos baianos, mas Seixas não leve muito a sério, se matricular em cursos universitários de filosofia, direito e psicologia. Ele tomou contato com anti-psiquiatria, abandonou todos os cursos, e se casou com uma garota americana que era filha de um pastor protestante. Sua esposa costumava ser o chefe da família, o ensino de Inglês para a vida enquanto ele costumava correr Salvador na madrugada em uma motocicleta comprada com o dinheiro economizado por ela para comprar um apartamento, uma vez que eles tinham que viver com a família Seixas. Em 1967, Jerry Adriani fez uma performance ao vivo em Salvador, em que ele foi acompanhado pelo Os Panteras. Amar o som do grupo, Adriani convenceu-os a mudar para o Rio, onde gravaram através Odeon seu primeiro LP, Raulzito e Os Panteras, onde Seixas explorado questionamentos metafísicos e as sete perguntas aristotélicas. Escusado será dizer que o álbum foi completamente ignorado pelo público. Adriani então levou Seixas à CBS, onde Seixas produziu álbuns pelo Trio Ternura, Osvaldo Nunes, Renato e SEUs Blue Caps, Adriani, Wanderléia, e todo o iê-iê-iê (o apelido do rock Inglês no Brasil, depois de "Ela te ama , yeah, yeah ") quadrilha. Foi então quando Seixas contratou dois relativamente novos músicos brasileiros, Sérgio Sampaio e Edith Cooper. Junto com Miriam Batucada, gravaram um álbum chamado Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão Das uma Dez. O álbum, fortemente experimental, jazz fundido e marchinhas e tratados filosoficamente com o caos, foi recolhido pela CBS logo após seu lançamento e Seixas foi imediatamente demitido. O disparo também foi devido à grande influência do desempenho Seixas 'no sétimo Festival Internacional de Canção (FIC), em 1972, com "Deixe-me cantar, deixe-me cantar" e "Eu Sou eu, Nicuri É O Diabo". CBS não queria ter um produtor, que também era uma estrela. Mas o desempenho enraizada Seixas em uma posição focal sobre rock & roll feito no Brasil, tanto para seus amantes e detratores. Nesse mesmo ano, ele foi contratado pela Philips, registrando o LP Os 24 Grandes Sucessos da Era do Rock, que está sendo creditado apenas como produtor e arranjador. Em 1975, quando Seixas já era famoso, o álbum foi relançado como 20 Anos de Rock, agora com o devido crédito Seixas 'como um performer. Em torno deste período, Seixas tornou-se amigo de escritor esotérico sucesso internacional Paulo Coelho, depois de uma visão de um disco voador na Barra da Tijuca compartilhada por ambos. Coelho participaria mais de futuras visitas Seixas. Em 1973, o segundo LP, Krig-ha, Bandolo, trouxe primeiro grande sucesso Seixas ", como intérprete," Ouro de Tolo ". O álbum também teve outras músicas importantes, como "Al Capone", "Mosca na Sopa" e "Metamorfose Ambulante". A dupla também produziu um hit após o outro com "Gita" (do LP homônimo de 1974), "Tente Outra Vez" (do Novo Aeon, 1975), "Eu Nasci A Há Dez Mil Anos Atrás" (1976), "Maluco Beleza , "e" o Dia em Que a Terra Parou "(os dois últimos do primeiro álbum WEA o Dia em Que a Terra Parou, 1977, este último tornando-se o hino do hippie no Brasil). Seus oito LPs seguintes, perturbado por suas frequentes mudanças de gravadoras e problemas de saúde devido ao envolvimento com drogas e álcool, teve os sucessos "Como Vovô Ja Dizia" (1975), "Rock Das Aranha" (1980), "Cowboy forame da-Lei "(1987)," Capim-Guiné "e" Carimbador Maluco "(1983, tendo este último sido incluído no Plunct infantil musical, plact, Zuum da TV Globo). Em 1989, tornou-se sócio de Seixas Marcelo Nova, um antigo admirador e discípulo que haviam formado e dissolveu o grupo de punk rock Camisa de Vênus. O álbum Panela do Diabo, lançado naquele ano pela Warner, trouxe uma Seixas enfraquecida, que seriam cada vez mais debilitada pela turnê subseqüente. Sua morte, em agosto do mesmo ano não havia diminuído o fervor de sua legião de fãs. Ele foi o primeiro artista brasileiro a ter um LP organizado e lançado por um fã-clube, a compilação 1985 deixe-me cantar My Rock-and-Roll era de gravações raras (que mais tarde foi re-lançado pela Polygram como Caroço de Manga). Suas canções foram regravadas por, entre outros, Caetano Veloso ("Ouro de Tolo"), Irmãs Galvão ("Tente Outra Vez"), Margareth Menezes ("Mosca na Sopa"), Deborah Blando ("A Maçã"), e RPM ("Gita"). Em comemoração aos 50 anos de aniversário de seu nascimento, em 1995, o livro O Trem das Sete (Nova Sampa) foi lançado e seu primeiro LP, Sociedade Grã-Kavernista Apresenta Sessão das Dez, foi re-lançado em formato CD.

Informação Adicional

Artista RAUL SEIXAS
Formato da Mídia CD + DVD
Descrição destaque BOX TOCA RAUL CD/DVD
Origem BRASIL
Nº de Faixas Não
Código Identificador (SKU) ELD-S-14-0008

Comentários do Cliente

Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.