TORCUATO MARIANO - ATELIER

TORCUATO MARIANO - ATELIER

Seja o primeiro a avaliar este produto

R$21,00

Em estoque

Iniciou sua carreira profissional em 1981, atuando em shows ao lado de vários artistas, como Johnny Alf, Lobão, Cazuza, Ritchie e Marcos Sabino. Em 1986, participou da gravação do CD “Virgem”, de Marina Lima. Nessa época, começou a compor, em parceria com Cláudio Rabello, para artistas como Rosana, Cheyanne, Yuri e Xuxa, entre outros. Autor de “Me chama que eu vou” (c/ Cláudio Rabello), tema de abertura da novela “Rainha da Sucata” (Rede Globo), recebeu o Prêmio Sharp, na categoria Melhor Compositor Pop do ano. Em 1988, acompanhou Gal Costa em shows no Brasil e no Japão. Tocou no Free Jazz Festival (RJ) com o saxofonista Leo Gandelman, dividindo a noite com Chick Corea. Iniciou turnê européia acompanhando Ivan Lins, atuou em shows e gravações com Sergio Mendes, Ney Matogroso e Flávio Venturinni. Integrando a banda de Djavan, participou da turnê do CD “Oceano” e da gravação do CD “Coisas de acender”. Paralelamente ao seu trabalho com Djavan, iniciou, em 1992, a gravação do CD “Estação Paraíso”, lançado simultaneamente no Brasil (Visom) e nos Estados Unidos (Windham Hill), no ano seguinte. No repertório do disco, suas composições “Um trem pra Uberaba”, “Só pra você”, “2350”, “O outro lado”, “Numa noite de verão”, “Xafoul”, “Mentiras sinceras”, “Ventos do Oriente”, “Mariana e Paula, boa noite” e a faixa-título, além de “Sobre o mar” (Flávio Venturini) e “I can’t help it” (Stevie Wonder e Susaye Greene). Ainda nesse ano, tocou com Leo Gandelman no Free Jazz Festival (SP), dividindo a noite com Yellow Jackets, e começou a produzir artistas de hip-hop, R&B e funk, através das gravadoras PolyGram, Sony e Som Livre.

Informação Adicional

Artista TORCUATO MARIANO
Formato da Mídia N/A
Gravadora Não
Origem Nacional
Nº de Faixas Não
Código Identificador (SKU) 86

Comentários do Cliente

Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.